Ouça o mercado e tome decisões acertadas. A informação é crucial para tomar decisões. Provavelmente, antes de fazer umas férias irá reunir informação que lhe permita escolher o melhor destino. Seguidamente planeia as suas férias com base na informação recolhida, decide qual o meio de transporte, quais os hotéis onde ficará, qual a oferta de restauração dos locais por onde passará, etc. Ao reunir informação está em condições de tomar uma decisão. Acontece o mesmo quando tem que tomar uma decisão sobre os seus investimentos. Tem de ouvir o mercado para ter informação e perceber quais as melhores opções.

A título de exemplo, imagine que pretende abrir um restaurante de comida japonesa numa determinada região. Se não ouvir o mercado não saberá se a população está receptiva à sua ideia. Há um conjunto de questões que deveremos perceber: “Qual a disponibilidade da população em se deslocar a um restaurante de comida japonesa?”, “Quais os aspectos mais valorizados pela população num restaurante?”, “Qual o valor que a população estaria disponível a pagar pelo serviço?”, “Qual a dimensão do mercado?”, “Quantos restaurantes existem na região?” etc. A resposta a estas questões vai auxiliá-lo na decisão de implementar ou não um restaurante de comida japonesa. Vai igualmente ajudá-lo a decidir quanto às características do restaurante.

Ouça o mercado, tome decisões com base em informação certeira e encare o futuro com um grande sorriso…